MATEMÁGICAS

MATEMÁGICAS
Como se tornar um matemágico de sucesso.

NÚMEROS

NÚMEROS
Conheça o maravilhoso universo dos números

DESAFIOS

DESAFIOS
Encontre e descubra aqui o seu nível de desafio

RECREIO

RECREIO
Matemática no recreio tem tudo a ver. Divirta-se!

Seguidores

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

ALGO MAIS SOBRE O USO DA CALCULADORA

Como você pode saber se a sua calculadora está funcionando corretamente? Sabe como testar? E sobre a memória dinâmica você já ouviu falar?
Digite o número: 12345679 e multiplique-o por 9. No display da calculadora deverá aparecer E1111111 (caso ela tenha apenas 8 dígitos, devido ao estouro de memória) ou 111111111 se for uma máquina de 9 ou mais dígitos. Mas (ATENÇÃO!!!!), caso apareçam outros dígitos diferentes de 1 no resultado, então, a sua calculadora está defeituosa e não merece confiança. Estando ok, então eu vou lhes explicar como utilizar a memória dinâmica das calculadoras ( a maioria possuem) no emprego de certos cálculos com valores fixos na forma de parcelas, fatores, subtraendos e quocientes, quando vão ser seguidamente utilizados.


Vamos considerar o caso de uma parcela, por exemplo: 37 a qual deverá ser somada aos números: 205, 25, 861, 147 e 53. Então, o que você deve fazer em primeiro lugar é digitar o 37 e em seguida... apertar a tecla (+) de mais, depois a tecla de (=) igual... e só! Não se importe com o valor que será apresentado no display da sua calculadora e seguidamente vá digitando, por vez, um a um aqueles números e ao escrever cada um deles, aperte em seguida apenas a tecla de (=) igual e no display você verá a soma do número digitado mais 37. Por exemplo: digitado o 205, apertando-se a tecla de (=) igual, no display aparecerá a soma 242 que é o resultado de... 205 + 37 e agora... sem apagar nada, digitamos por vez, o próximo número... o 25 e apertamos o (=) igual e veremos no display o resultado... 62. E assim continua-se até o último número.




















figura 01





















figura 02

Do mesmo modo agiremos para as outras operações, ou seja: digamos que queremos agora usar o 37 como quociente para aqueles mesmos números... 205, 25, 861, 147 e 53? Então agora devemos teclar o 37, em seguida a tecla de (/) divisão, seguida da tecla de (=) igual, não se apaga nada do que aparece como resultado no display da calculadora, bastando agora ir escrevendo cada um número por vez, apertando-se em seguida a tecla de (=) igual e lendo o resultado da divisão. Por exemplo: digitando-se o 37, depois a tecla (/) de divisão e em seguida a tecla (=) de igual, não apaga-se nada, digita-se agora o 205 e apertando a tecla (=) de igual, podemos ler no display... 5.5405405 (calculadora de 8 dígitos) que é o quociente de 205 dividido por 37. Portanto, para qualquer uma das operações fundamentais, o uso da memória dinâmica das calculadoras (quando disponível) tornará o trabalho do cálculo ainda mais rápido, quando comparado com o emprego das outras memórias, uma vez que diminuímos a quantidade de toques no teclado da máquina.


Veja essa e outras dicas e utilidades na página O Que Existia Menos O Que Foi Encontrado

*********************************************************************************
ATENÇÃO!!!! Para aqueles leitores que gostam de ler ou saber sobre as minhas invenções, 
postei uma nova criação (2 em 1) com o título... "Nuvem Sólida" aqui no blog na página 
"PENSO, LOGO INVENTO"!!!!!
Obrigado!!!!!
*********************************************************************************

20/08/2014
*********************************************************************************
Heads up !!!! For those readers who like to read or know about my inventions, I 
posted a new creation (2 in 1) with the title ... "Solid Cloud" here on the blog page 
"THINK, THEN THE INVENTION" !!!!! 

Thank you !!!!!
*********************************************************************************

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário